Share |

Sobre: Assembleia Municipal

Novembro 23, 2020

A bancada do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Odivelas (AMO) apresentou uma moção que pretendia garantir a existência de tradutores de Língua Gestual Portuguesa e/ou legendas, que podem ser geradas por programas de forma automática, nas transmissões das suas reuniões plenárias, assegurando-se assim o direito à participação na vida política e pública às pessoas com deficiências. O documento bloquista foi rejeitado com os votos contra da maioria do Partido Socialista (PS) e do eleito do CDS.

Março 14, 2019

Os problemas mais prementes identificados por todos os eleitos que visitaram os três estabelecimentos. Ao mesmo tempo, a bancada do Bloco de Esquerda recomendava ao executivo que até ao final deste ano letivo seja apresentado publicamente um plano devidamente estruturado e calendarizado de requalificação da rede pública de jardins de infância e escolas básicas do 1º ciclo na vila da Pontinha.

Março 14, 2019

As lesões levaram os recrutas ao hospital e alguns deles poderão ficar com limitações que eventualmente inibirão o ingresso na Guarda. Este tipo de acontecimentos ilustra a cultura de violência instalada no interior das forças militares e de segurança, como várias organizações nacionais e internacionais denunciam há anos.

Março 14, 2019

 Na moção, para lá da celebração dessa data, os bloquistas lembram que a vida independente é um direito que tem de chegar a todas as pessoas com deficiência. O apoio aos projetos de vida independente tem que chegar às pessoas.

Janeiro 10, 2019

Na saudação proposta pelos bloquistas referia-se que em Portugal ainda há muitas mulheres a serem vítimas de violência de género, particularmente por parte de homens que lhes são próximos. Segundo a UMAR, até 20 de novembro de 2018, 24 mulheres foram assassinadas em contextos de intimidade ou de relações familiares.

Dezembro 12, 2018

O documento apresentado pela bancada do Bloco de Esquerda surgiu na sequência do aparecimento de cartazes de ódio colados nas paredes e muros de escolas de várias zonas do país. Essa propaganda espalha mensagens xenófobas, racistas e homofóbicas, cultivando o desprezo pelos direitos das minorias.

Dezembro 12, 2018

Os bloquistas defendem manifestam a sua indignação com esta trajetória de destruição da empresa e com o continuado incumprimento do contrato de concessão do serviço, apelando ao governo que promova o regresso à esfera pública dos CTT.

Dezembro 6, 2018

A bancada do Bloco de Esquerda apresentou um documento no qual manifestava solidariedade com o autarca italiano Domenico Lucano. O dirigente do município de Riace está em prisão domiciliária na sequência de alterações legislativas promovidas pelo governo populista de Itália.

Dezembro 6, 2018

No documento assinado pelos eleitos Paulo Sousa e Rui Santos, os bloquistas questionaram a Câmara Municipal acerca do número de turmas do primeiro ciclo com alunos de anos diferentes na mesma sala de aula e em regime de horário duplo.

Dezembro 6, 2018

Os eleitos bloquistas querem saber quais os valores exatos e as responsabilidades financeiras que a Câmara Municipal assumiu com esse acordo. Questionam, também, se o projeto será elaborado por técnicos/as do município ou se existirá mais uma externalização.

Dezembro 6, 2018

No seguimento da instalação de máquinas de dispensa de alimentos em mais escolas do concelho, na sessão da Assembleia Municipal de Odivelas realizada no dia 29 de novembro, a bancada do Bloco de Esquerda recomendou a retirada desses equipamentos dos recintos escolares.

Dezembro 6, 2018

O bairro, que até tem uma escola do primeiro ciclo (EB1/JI Maria Costa), apresenta uma carência grave de equipamentos de lazer. Apesar da existência de terrenos utilizados e mantidos por entidades públicas, a inexistência de espaços públicos com qualidade e conforto para usufruto das populações é uma evidência.

Dezembro 6, 2018

 A proposta subscrita por Paulo Sousa e Rui Santos defendia a elaboração de um registo de interesses de eleitos na Assembleia e na Câmara Municipal de Odivelas, dentro do enquadramento legal existente. A recomendação foi rejeitada com os votos contra de PS, PSD e CDS.

Outubro 26, 2018

A paralisação das e dos trabalhadores da área comercial da CP teve lugar no dia 1 deste mês e pretendia chamar a atenção para a falta de profissionais nesse setor, apesar do acordo entre os representantes das e dos trabalhadores e o ministério da tutela para a contratação de 88 pessoas estar assinado há muito.