Notícias

Noticias

A Assembleia Municipal de Odivelas aprovou, por unanimidade, uma moção do Bloco de Esquerda de congratulação com a classificação do Posto de Comando do MFA como monumento histórico nacional. O Bloco de Esquerda considera que este é mais um passo num processo "que tem vários anos e diversos protagonistas".

Opinião

O executivo da Câmara Municipal de Odivelas decidiu destruir uma parcela muito significativa do skatepark. O negócio, que envolve o financiamento da empresa McDonalds, é um disparate absoluto num concelho que tem um défice gigantesco de equipamentos para a juventude. Deixo à vossa consideração quatro notas breves sobre o assunto.

Noticias

O Bloco de Esquerda apresentou um voto de condenação à inoperacionalidade da Câmara Municipal de Odivelas, no que diz respeito às Actividades de Enriquecimento Curricular no concelho de Odivelas. Este mês, uma vez mais, há professores com salários em atraso.

Noticias

Na última sessão da Assembleia Municipal de Odivelas, o Bloco de Esquerda apresentou uma proposta que recomendava ao executivo da Câmara Municipal que suspendesse as obras de destruição do skatepark de Odivelas. Na assistência, estiveram presentes várias dezenas de jovens em defesa para protestar contra a destruição.

Noticias

A deputada do Bloco de Esquerda na Assembleia da República, Catarina Martins, questionou o Secretário de Estado da Cultura sobre o processo de qualificação do Posto de Comando do MFA como monumento nacional. A pergunta da deputada surge na sequência da entrega na Assembleia da República de uma petição que recomendava a qualificação do mesmo.

Iniciativas

O Bloco de Esquerda organizará, ao longo dos próximos meses, uma série de sessões de cinema e discussão na sua sede em Odivelas. “Desamarras” (realizado por João Carlos Louçã, Ricardo Sá Ferreira e Nuno Moniz) é o documentário escolhido para a primeira destas sessões, que se realizará já na próxima quinta-feira, dia 16 de Fevereiro, a partir das 21h00.

Artigos de opinião

O governo do PSD e CDS decidiu fazer uma reforma administrativa das autarquias locais. Independentemente dos fundamentos do documento, esta é uma excelente oportunidade para voltar a colocar em cima da mesa a questão da democracia, ao nível da sua própria essência e das suas regras.