Participação cidadã

Participação cidadã
Fevereiro 10, 2012 01:08 AM

A transição para o TDT é progresso, já basta a economia a regredir ,o
apagão do analógico é inevitavél fosse qual fosse as data, haveria
sempre constestação.Os mais desfavorecidos, caso dos idosos, e outros
carenciados devia ser acautelado finaceiramente por quém de direito
(Estado,Autarquia,Juntas de Freguesia...) e anda a gente a eleger estes
imcompetentes,mas sem emenda, nas próximas eleições voltamos a votar
neles, também temos pouca legitimidade para "abrir a boca".

Opinião

Ou são os ventos, ou é o calor excecional, ou agora o frio persistente, aponta-se tudo menos a irresponsabilidade de um Governo INCOMPETENTE. 

No sentido de contribuir para o apoio à pequena economia do concelho, o Bloco de Esquerda consultou pequenos comerciantes e a associação representativa do setor, tendo verificado as dificuldades vividas, que justificariam da parte da autarquia uma ação mais musculada de apoio. Soubemos que a informação dos apoios da autarquia não chegou ao conhecimento do terreno, que os apoios da autarquia foram manifestamente insuficientes e que os apoios governamentais não abrangeram pequenos negócios.

Atualmente, as questões raciais e de violência policial voltaram a ser notícia pelas piores razões, com mais um cidadão negro morto às mãos da polícia nos Estados Unidos. Acontecimento recorrente nesse país e onde raramente os polícias são levados à justiça. Por isso, a população insurgiu-se em várias manifestações e ações de protesto, pedindo justiça pelo assassinato de George Floyd.

A repetição do mantra da vedação em nome da segurança só nos recorda outros muros erguidos em nome da segurança, sem que nada seja realmente resolvido.

Imaginemos um dia em que as mulheres não vão ao supermercado, não vão trabalhar, não vão à escola, não vão à faculdade, não fazem tarefas domésticas, um dia de greve feminista.

Ano após ano chegam-nos as listas dos rankings e, ano após ano, as mesmas escolas ocupam os mesmos lugares.

Intervenção no debate "Segurança Pública e Cidadania", organizado pela Assembleia de Freguesia da Misericórdia no dia 23 de janeiro de 2019.  

A imagem pode conter: texto